Como calcular custos e taxas de entrega no delivery

Já postamos aqui no blog um artigo sobre gestão de custos para pequenas e médias empresas. Mas desde então, surgiram muitas dúvidas sobre os custos da operação de delivery. Seguem algumas dicas para calcular com maior precisão todas as suas despesas.

por 
Pedro S. Goulart

Modalidades de entrega

Entenda primeiramente as vantagens de cada modalidade de entrega, às vezes a escolha certa a fazer não é a mais óbvia.

Bicicleta: A mais indicada para entregas em curtas distâncias. Tem um custo muito mais baixo que as demais,  mas em momentos de pico da demanda pode deixar a desejar pela falta de agilidade e capacidade de carga reduzida, aumentando muito o tempo das entregas. Também é necessário levar em consideração o relevo da área, uma cidade ou bairro planos favorecem muito esta modalidade, mas muitas ladeiras podem torná-la completamente inviável.

Motocicleta: Realmente a modalidade mais utilizada, por ser a mais ágil e de maior custo benefício em termos de custos. 

Carro: Os custos são muito mais elevados, mas dependendo o modelo da sua operação pode valer mais a pena que motocicleta. Se você faz muitas entregas de uma só vez, e consegue planejar bem sua rota, a vantagem de conseguir levar bem mais carga pode diluir o custo individual do frete de cada encomenda e tornar-se até mais em conta que a moto.

Mista: Dependendo o tamanho da sua operação, é possível mesclar as modalidades de entrega, fazendo entregas para curtas distâncias por bicicleta, para longas por moto e a entrega de um número grande de encomendas por carro, por exemplo.

Custos de contratação

Os custos de contratação praticamente não mudam conforme a modalidade escolhida. Afinal, você precisará de pessoas para isso.

Não esqueça de colocar na conta além do salário, todos os demais encargos e impostos: benefícios, décimo terceiro, férias, FGTS, etc;

Também é interessante contratar um seguro para seus entregadores. Sua empresa e principalmente seus colaboradores ficam mais protegidos.

Existem também muitos estabelecimentos que trabalham com motoboys freelancers. Pode ser mais vantajoso para deliverys que trabalham poucos dias na semana ou ainda tem um saída pequena de pedidos, mas é necessário se certificar sobre questões judiciais de trabalho. Há também o risco maior de ficar sem entregador se não houver pelo menos um contrato de prestação de serviços. Recomendamos também ter o próprio veículo do restaurante.

Custos com os veículos

Aquisição: É importante contar o investimento inicial para aquisição dos veículos como um investimento. Na conta dos custos deve aparecer os juros e taxas, no caso de compra financiada, e também a depreciação do carro ou motocicleta ao longo do tempo.

Exemplo: Se uma moto depreciou R$1200 ao longo de 1 ano, você deve calcular R$100 de custo fixo ao mês.

Demais despesas fixas: Some também todos os impostos, seguros e taxas que incidem sobre os veículos e faça a divisão pelos meses do ano.

Combustível e manutenção: Entenda qual a média de consumo de combustível do veículo. É simples: zere o odômetro (função trip) encha o tanque e rode um pouco na sua zona de operação, depois encha o tanque novamente e divida a quilometragem adquirida pela quantidade de gasolina que entrou no tanque.

Assim você vai saber quantos quilômetros ela roda com o litro. Depois é só dividir o preço atual do litro de combustível pela distância. Assim saberá o custo por quilômetro com combustível.

Faça o mesmo procedimento com as manutenções, fazendo estimativa de pneus, troca de óleo, e demais serviços. Some também algum valor extra para eventuais problemas. Sempre dividindo o custo de cada serviço pela distância rodada e terá uma boa estimativa de custo de manutenção por quilômetro.

Estabelecendo as taxas de entrega

O ideal, financeiramente, é trabalhar com uma taxa mínima, que vai subindo conforme a distância. Some os custos fixos anuais da operação de entrega: Custos de contratação, taxas, impostos e custos financeiros para aquisição dos veículos. Depois divida pelo volume de entregas que realiza no mesmo período.

Esse valor deve ser o ponto de partida para as taxas que cobrará por entrega, depois some os custos por quilômetro rodado de manutenção e combustível. E aumente conforme a distância.

O ideal é sempre trabalhar com uma margem de segurança nas taxas para a operação de entregas não gerar prejuízo.

Você também pode estabelecer taxas mais padronizadas fazendo uma média de distância conforme bairros de atuação ou raios de alcance.

Promoções e entrega grátis

Uma ferramenta de marketing muito utilizada para vender por delivery é a redução ou gratuidade da taxa de entrega Mas é necessário ter uma contrapartida. Neste caso é importante trabalhar com margens maiores em seus produtos para compensar. É realmente efetivo fazer este tipo de promoção, pois o cliente vê aquela taxa como “dinheiro perdido”. O mais comum é embutir o custo médio das entregas no preço dos produtos, assim ela fica menos perceptível. Mas isso depende muito de quanto o seu público é sensível ao preço de modo geral e varia caso a caso.

Conclusão

A solução ideal para sua operação de entregas depende muito de cada caso, por isso, faça uma avaliação minuciosa baseada nas dicas apresentadas, mas principalmente, tenha muito controle sobre seus custos e documente todos os seus gastos. É realmente muito fácil chegar à uma conclusão precipitada mediante uma análise muito superficial.

Além disso, nós estamos sempre aprimorando nossas plataformas para te ajudar, não só a vender mais, mas também em controles do seu dia-a-dia no delivery. É possível parametrizar as taxas que irá cobrar, tanto por bairro, quanto por raio, direto no painel de controle da nossa plataforma de loja online para deliverys, além disso também é possível cadastrar e vincular diferentes entregadores para cada pedido e gerar relatórios para controle. Para saber mais sobre ela, clique aqui. :)


Continue aprendendo

Nossos assinantes amam a praticidade e facilidade das plataformas Alloy.

Fernanda
Dog Urbano
Vocês me ajudaram a ser líder de mercado.
Camila
Santa Poke
Muito obrigada pelo apoio e por apresentar a plataforma que mudou minha vida! Não sabem o quanto tempo eu ganhei!
Ivan
Mantra Gastronomia
A Alloy é uma ótima ferramenta para fidelizar clientes e otimizar o processo de pedidos, reduzir despesas e crescer de forma sustentável e inteligente.
Maicon
Bora Burguer
Por causa do aplicativo, acharam que a BORA era uma franquia.
Otávio
Decanto Restaurante
Gosto da agilidade da resposta e da entrega de novas funcionalidades.
Wagner
Costa Dourada
Nos ajuda a identificar nosso público, auxiliando na retenção e na fidelização do cliente. Também estamos muito satisfeitos com a pesquisa de satisfação realizada pelo cliente. É um ótimo mecanismo de avaliação e fidelização para o restaurante.
Carlos
Max Dog
Estão de parabéns pela plataforma nova, ficou ótima e eficaz, da forma que ela precisa ser.
Nossas novidades

Ótimos conteúdos para você toda semana.

Conteúdos especialmente criados para facilitar seu dia a dia como empreendedor, que irá fazer sua empresa crescer.

Ao fornecer meus dados pessoais, eu concordo com os termos e políticas.

Sem spam!
Conheça a Alloy