🎉 Promo Carnaval: 30% OFF
00
dias
00
horas
00
Min
00
Seg
Novo
🤖 Atendente Virtual: Automatize o atendimento e marketing no WhatsApp
Gestão

Cupom Fiscal e Nota Fiscal Eletrônica: Como emitir

Descubra como a emissão correta de cupom fiscal via Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) pode beneficiar o seu negócio. Saiba mais sobre o processo e aprimore sua gestão.

Pedro S. Goulart
01/2024
Cupom Fiscal e Nota Fiscal Eletrônica: Como emitir

Você conhece a importância do Cupom Fiscal para o gerenciamento eficiente do seu negócio? A emissão correta desse documento fiscal não só assegura a conformidade com as obrigações legais, mas também proporciona uma série de benefícios. Neste artigo, vamos explorar o processo passo a passo de emissão da NF-e, que é o documento digital que substitui o tradicional cupom fiscal, e como aprimorá-lo pode beneficiar sua gestão.

Diferenças entre Cupom Fiscal e Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

  • Definição e Uso: O cupom fiscal é um documento impresso utilizado principalmente no varejo para registrar vendas diretas ao consumidor. A NF-e, por outro lado, é um documento digital que registra transações de compra e venda ou prestação de serviços, sendo mais abrangente em termos de aplicação.
  • Formato e Emissão: O cupom fiscal é emitido por um ECF (Emissor de Cupom Fiscal), enquanto a NF-e é gerada eletronicamente e transmitida para a Secretaria da Fazenda. A NF-e requer um certificado digital para sua autenticação e um software emissor.
  • Tipo de Negócio: Cupons fiscais são comuns em comércios varejistas. NF-e é mais utilizada por empresas que realizam operações comerciais diversas, incluindo venda de produtos e prestação de serviços.
  • Benefícios e Conformidade Legal: A NF-e proporciona maior eficiência, redução de custos e conformidade legal. Ela permite uma gestão fiscal mais transparente e eficaz, além de facilitar a fiscalização por parte do governo.

Entendendo a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

A NF-e é um documento digital que registra transações de compra e venda ou a prestação de serviços. Ela possui três tipos principais:

  • Produto: Emitida para transações de bens e mercadorias, como compra, venda, remessa, exportação, importação, retorno, devolução, entre outros.
  • Serviço: Direcionada para a prestação de serviços.
  • Consumidor: Antigamente conhecida como cupom fiscal, é usada em vendas diretas sem identificação do comprador, sendo comum no varejo.

Identificar o tipo correto de NF-e para sua empresa é um passo crucial para garantir a conformidade fiscal.

Como emitir um cupom fiscal ou Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

O processo de emissão de NF-e envolve algumas etapas essenciais:

  • Identifique o tipo de nota a emitir: Como mencionado, identificar o tipo de NF-e adequado para sua operação é crucial.
  • Verifique o cadastro fiscal do negócio junto ao governo: Seu negócio deve estar devidamente registrado junto aos órgãos governamentais. Consulte seu contador para entender o enquadramento fiscal correto.
  • Adquira um certificado digital: O certificado digital é necessário para autenticar a NF-e. Ele pode ser adquirido de uma Autoridade Certificadora (AC) da ICP-Brasil.
  • Realize o credenciamento na SEFAZ: Para emitir NF-e de produto ou do consumidor, é necessário se cadastrar na Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). No caso de NF-e de serviço, o cadastro é feito na prefeitura da sua região.
  • Adote um software emissor de NF-e: Um software emissor facilita a emissão de NF-e, otimizando o processo e evitando erros manuais.

Informações necessárias para a emissão da NF-e

Emitir uma Nota Fiscal Eletrônica requer uma série de informações. Essas informações variam dependendo do tipo de nota que você está emitindo.

Nota Fiscal Eletrônica de Produto

Para emitir uma Nota Fiscal Eletrônica de Produto, você precisará das seguintes informações:

  • Nome e identificação do produto, com descrição completa (marca, modelo, série, tamanho, etc.);
  • Unidade vendida (metro, peça, etc.);
  • Quantidade vendida;
  • Valor unitário em real;
  • Valor total;
  • Peso líquido total;
  • Peso bruto total;
  • Código NCM;
  • Código CEST;
  • Tributação;
  • Origem do produto;
  • Natureza da operação (venda, transferência, devolução, consignação, etc.);
  • Forma de pagamento;
  • CFOP;
  • Base de cálculo do ICMS;
  • Valor total do ICMS;
  • Base de cálculo do ICMS ST;
  • Valor total do ICMS ST;
  • Valor total dos produtos e serviços;
  • Valor total do frete (campo opcional);
  • Valor total do seguro (campo opcional);
  • Valor total do desconto (campo opcional);
  • Outras despesas acessórias (campo opcional);
  • Valor total da NF-e;
  • Valor aproximado total de tributos federais, estaduais e municipais.

Nota Fiscal Eletrônica de Serviço

Para emitir uma Nota Fiscal Eletrônica de Serviço, você precisará das seguintes informações:

  • Nome e identificação do serviço, com descrição completa;
  • Valor do serviço;
  • Tributação;
  • CFPS (Código de Prestação de Serviço);
  • Base de cálculo do ISS;
  • Valor total do ISS;
  • Valor total da NF-e;
  • Valor aproximado total de tributos federais, estaduais e municipais.

Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica

Para emitir uma Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica, você precisará das seguintes informações:

  • Nome e identificação do produto ou serviço, com descrição completa;
  • Unidade vendida (metro, peça, etc.);
  • Quantidade vendida;
  • Valor unitário em real;
  • Valor total;
  • Peso líquido total (se aplicável);
  • Peso bruto total (se aplicável);
  • Código NCM (se aplicável);
  • Código CEST (se aplicável);
  • Tributação (Exemplo: ICMS, PIS, COFINS, etc.);
  • Origem do produto ou serviço;
  • CFOP;
  • Base de cálculo do ICMS;
  • Valor total do ICMS;
  • Base de cálculo do ICMS ST;
  • Valor total do ICMS ST;
  • Valor total dos produtos ou serviços;
  • Valor total do PIS;
  • Valor total da COFINS;
  • Valor total do IPI (se aplicável);
  • Valor total do frete (campo opcional);
  • Valor total do seguro (campo opcional);
  • Valor total do desconto (campo opcional);
  • Outras despesas acessórias (campo opcional);
  • Forma de pagamento;
  • Valor total da NFC-e;
  • Valor aproximado total de tributos federais, estaduais e municipais.

Benefícios da emissão da NF-e

Emitir a NF-e corretamente traz vários benefícios, como:

  • Redução de custos com papel
  • Menor tempo de espera dos veículos nas estradas para conferência de documentos
  • Menos erros no processo
  • Maior credibilidade e transparência nos documentos fiscais
  • Descontos no IPTU e ICMS (em algumas cidades)

Otimize a Emissão de NF-e com Softwares

A utilização de softwares especializados na emissão de NF-e, pode simplificar e agilizar o processo. Ao adotar essas plataformas, você pode salvar as informações dos clientes e dos produtos e emitir o documento com apenas alguns comandos, sem precisar passar horas preenchendo formulários.

Além disso, também é possível acompanhar todas as notas emitidas pelos seus fornecedores no painel do sistema. Ao importar o arquivo XML, você receberá notificações quando houver qualquer tipo de atualização dos pedidos.

Conclusão

A emissão correta da Nota Fiscal Eletrônica é um componente essencial da gestão eficiente de qualquer negócio. Dominar o processo de emissão da NF-e não apenas garante a conformidade com as obrigações fiscais, mas também otimiza operações, economiza recursos e aumenta a credibilidade.

Portanto, compreender as nuances da NF-e e investir em ferramentas que facilitam sua emissão é um passo importante para o sucesso do seu negócio. Nesse contexto, a Alloy pode ser um forte aliado.

A Alloy oferece soluções sob medida que podem simplificar e agilizar a emissão de suas NF-es.

Quer saber mais sobre como a Alloy pode ajudar a otimizar a emissão de suas Notas Fiscais Eletrônicas? Nossa equipe está pronta para ajudá-lo a descobrir a melhor solução para as suas necessidades. Não espere mais, clique aqui.

Plataforma AlloyPlataforma Alloy

Perguntas Frequentes

O que é um cupom fiscal?

O cupom fiscal é um documento impresso usado no varejo para documentar vendas diretas ao consumidor, emitido por um Emissor de Cupom Fiscal (ECF).

O que é uma NF-e?

Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento digital que registra transações comerciais, tanto de vendas quanto de serviços, gerada eletronicamente e enviada à Secretaria da Fazenda.

Como são emitidos os cupons fiscais?

Cupons fiscais são emitidos por um Emissor de Cupom Fiscal (ECF), um equipamento específico para impressão desses documentos.

Como é emitida uma NF-e?

A NF-e é gerada eletronicamente usando um software específico, requer um certificado digital para autenticação e é enviada eletronicamente para a Secretaria da Fazenda.

Quem utiliza o cupom fiscal?

Cupons fiscais são comumente utilizados por estabelecimentos de varejo como supermercados, lojas e restaurantes.

Quem deve emitir a NF-e?

A NF-e é usada por empresas que realizam operações comerciais mais amplas, incluindo a venda de produtos e prestação de serviços.

Quais são os benefícios de usar a NF-e?

A NF-e oferece vantagens como maior eficiência administrativa, redução de custos de papel e impressão, e conformidade legal facilitada.

Cupom fiscal e NF-e têm a mesma validade legal?

Ambos são documentos fiscais válidos, mas têm aplicações e requisitos legais distintos e não são intercambiáveis em todas as situações.

É possível usar apenas cupom fiscal ou NF-e?

Depende do tipo de negócio e da natureza das transações realizadas. Algumas situações exigem o uso de um ou outro, conforme a legislação fiscal aplicável.

Quais são os passos para emitir a NF-e?

Os passos para emitir a NF-e incluem: determinar o tipo de nota a emitir, verificar o cadastro fiscal do negócio com o governo, adquirir um certificado digital, realizar o credenciamento na Secretaria da Fazenda, e adotar um software emissor de NF-e.

Qual a diferença entre NF-e e NFC-e?

A NF-e (Nota Fiscal Eletrônica) é um documento digital que registra a transferência de bens ou prestação de serviços. Já a NFC-e (Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica) é um documento digital que registra vendas diretas ao consumidor final em operações de varejo.

Quem emite NFC?

A NFC-e é emitida por varejistas em vendas diretas ao consumidor final. Esse tipo de nota fiscal substitui o cupom fiscal e a nota fiscal modelo 2 em vendas a consumidores finais.

Como emitir uma Nota Fiscal Eletrônica?

Para emitir uma Nota Fiscal Eletrônica, é necessário determinar o tipo de nota a ser emitida, verificar o cadastro fiscal do negócio com o governo, adquirir um certificado digital, realizar o credenciamento na Secretaria da Fazenda, e adotar um software emissor de NF-e.

Como o MEI pode emitir nota fiscal?

O MEI (Microempreendedor Individual) não é obrigado a emitir nota fiscal, a menos que a venda seja para outra empresa. No entanto, se decidir emitir, o processo é semelhante: é necessário fazer o cadastro junto à Secretaria da Fazenda, adquirir um certificado digital, e utilizar um software emissor de notas fiscais.

Outros estão visualizando

Outros leitores que veem isso também estão vendo
Nossas novidades

Uma newsletter gratuita, que te atualiza sobre o mundo da tecnologia

Receba conselhos de outros proprietários de empresas, artigos de suporte, dicas de especialistas do setor e muito mais, para facilitar seu dia a dia como empreendedor.

Ao fornecer meus dados pessoais, eu concordo com os termos e políticas.

Sem spam!
DEPOIMENTOS

O que dizem sobre nós

Amamos o novo módulo atendente virtual. Era tudo que precisávamos e mais um pouco 🥰🥰🥰 Criamos uma campanha via whatsapp para clientes inativos. Tivemos um retorno SÓ ONTEM de noite de 15 clientes que não pediam a mais de 60 dias. E o módulo ficou bem pratico e fácil de trabalhar. Adeus listas de transmissão 😂
Camila
Santa Poke - Santa Cruz do Sul/RS
O robô para automatizar o WhatsApp está incrível. Impecável! Vocês são demais! Não troco por nenhuma outra plataforma.
Luiz
The Smash - São Paulo/SP
Maravilhoso! O sistema é tão intuitivo que até meu pai aprendeu facilmente a mexer.
Francisco
Casa do Kibe - Itaperuna/RJ
Gostaria de dizer que eu e minha equipe adoramos os sistemas, são muito intuitivos e efetivos nas suas funções. Digo isso não apenas como dono de pizzaria, mas como engenheiro de software. Há 30 anos desenvolvo e ajudo organizações de todos os portes a melhorarem seus processos de desenvolvimento, e posso dizer de carteirinha que vocês estão de parabéns.
Samuel
PizzaLar - São José/SC
Estamos adorando as melhorias da plataforma. Sou realmente um fã da Alloy! 💚
Diogo
Puporkí - São Paulo/SP
Recomendo! Ótimo atendimento e plataforma fácil de mexer 🙌
Felipe Machado
Santo Brigadeiro - Santa Maria/RS
Já conferi as novidades do robô e estou impressionado! Vocês não têm ideia de como esse robô vai facilitar minha vida. Mesmo sendo uma operação pequena, onde eu mesmo recebo e faço os pedidos, esse sistema vai me poupar muito tempo. Muito obrigado!
Felipe
Pastel & Dog do Pippo - Florianópolis/SC
Muito obrigada pelo apoio e por apresentar a plataforma que mudou minha vida! Não sabem o quanto tempo eu ganhei!
Camila
Santa Poke - Santa Cruz do Sul/RS
A Alloy é uma ótima ferramenta para fidelizar clientes e otimizar o processo de pedidos, reduzir despesas e crescer de forma sustentável e inteligente.
Logo Mantra
Ivan
Mantra Gastronomia - Porto Alegre/RS
Vocês me ajudaram a ser líder de mercado.
Fernanda
Dog Urbano - São Cristovão/SC
Sistema cada vez mais completo. E essa novidade de campanhas de notificações push agora está ajudando bastante a vender mais. Obrigado Alloy vocês são os melhores mesmo.
Felipe
Pastel & Dog do Pippo - Florianópolis/SC
Conheça a Alloy 🚀
Ícone WhatsApp

Chama a gente no WhatsApp

Informe seus dados para melhor atendermos você!

Ao fornecer meus dados pessoais, eu concordo que sejam processados para o propósito de receber consultoria e suporte online, conforme os termos e políticas.