Como divulgar a sua empresa nas redes sociais

Neste artigo você verá dicas de como divulgar sua empresa nas principais redes sociais, como expor sua marca e seus produtos, e também como utilizar suas principais ferramentas para conquistar novos clientes e tracionar suas vendas.

Quais redes sociais estar

As redes sociais mais populares e que recomendamos todas as empresas estar são: Facebook, Instagram e Whatsapp. É realmente muito difícil o seu cliente não estar em pelo menos uma delas. 

Facebook

O Facebook surgiu oficialmente em 2004 quando Mark Zuckerberg criou uma rede social exclusiva para campus de universidades, onde você precisava de convite para entrar. Logo ela se popularizou, e hoje conta com mais de 2 bilhões de usuários ativos. Que postam textos, links, fotos, vídeos e se comunicam através de mensagens, likes e comentários. Você pode criar perfis (contas pessoais) ou páginas (voltadas para empresas e organizações). No Brasil ele acabou “substituindo” o finado Orkut, que contava com várias ferramentas semelhantes.

Instagram

O Instagram foi criado em 2010 e no início era exclusivo para Iphone. Em poucos meses se tornou um dos aplicativos mais baixados da app store e contava com 10 milhões de usuários. Em 2012 o Instagram foi adquirido pelo Facebook por 1 bilhão de dólares e também disponibilizado para usuários de outros smartphones, que utilizam sistema Android.

Esta rede nasceu focada em compartilhamento de fotos, mas ao longo tempo foi permitindo o compartilhamento de vídeos, inicialmente de curta duração, para depois criar um recurso específico para isso: o IGTV.

WhatsApp

Mais um aplicativo adquirido pelo Facebook, o WhatsApp se tornou tão importante para vendas e comunicação com o cliente, que desenvolvemos um artigo exclusivo sobre ele. Para acessar, clique aqui.

Outras redes

Existem outras redes sociais como o Twitter, que é considerado um microblog, pois tem limite de caracteres para os textos em suas postagens e é mais focado em discussões sobre os mais variados assuntos.

O YouTube é a plataforma de vídeos do Google, nele você pode criar seu próprio canal. Qualquer usuário podem se inscrever nele para receber o conteúdo que publica. É possível inclusive gerar renda com o seu canal, se ele crescer e começar a ter muitas visualizações e inscritos, o Youtube começa a repassar uma parte da renda com os anúncios  para você. Foi assim que nasceram os Youtubers, pessoas que tem como trabalho criar conteúdo para a plataforma.

O LinkedIn é uma rede social focada no mundo corporativo, onde o seu perfil é como se fosse o seu currículo. Os usuários comentam sobre seu trabalho, trocam experiências e conteúdo relevante para a sua área. É importante para sua empresa estar no LinkedIn se ela tiver um porte pouco maior, para buscar colaboradores para seu time e quando oferece produtos e serviços para outras empresas (B2B).

O Pinterest é focado em compartilhamento de imagens, como se fosse um quadro de ideias, com ferramentas voltadas para este nicho. Muito usado por arquitetos,  blogueiros, empresas e sites focados em moda. Conta com público mais restrito, mas extremamente engajado.

Já o TikTok é uma febre recente, principalmente devido ao isolamento social. Ele te permite fazer montagens de vídeo com música, dança, dublagens, sempre com foco no conteúdo divertido.


Diferença entre página e perfil 

Para criar a página da sua empresa no Facebook, você não criará um perfil do mesmo modo que criou sua conta pessoal, por exemplo. Você usará o mesmo login e senha da sua conta e lá dentro criará uma página. Perfis são destinados exclusivamente para pessoas, e páginas podem ser destinadas a empresas, figuras públicas e demais organizações, públicas ou privadas. Assim seus seguidores não serão seus amigos, nem terão de ser aceitos, basta eles curtirem a sua página para visualizarem suas postagens e receberem seu conteúdo.

Deste modo o seu perfil será o administrador da página e você poderá adicionar quantos administradores você quiser, podendo adicionar colaboradores da sua empresa, por exemplo, definindo inclusive alguns parâmetros do que eles poderão alterar na página ou não. Resumindo, cada um fará o acesso do seu próprio perfil pessoal, e você controla quem pode fazer alterações e quais. Podendo adicionar ou remover administradores a qualquer momento.

Lembre-se de ficar atento às permissões que concede e para quem. Não é incomum empresas perderem o controle de suas páginas por ataques hacker ou por utilização maliciosa de alguém que tinha acesso.

Já no Instagram você criará uma conta específica da sua empresa, com login e senha somente para ela. Basta ir na opção “Cadastrar-se para uma conta comercial” para ela ser destinada a uma empresa. Lembrando que no app do Instagram você poderá ter várias contas logadas e navegar entre elas, apenas fique atento para não estar utilizar a conta errada.


Colocando as primeiras informações nas suas páginas

Ao criar sua página no Facebook, a primeira coisa que fará é preencher os dados da sua empresa. Preencha corretamente endereço, e todos os meios de contato possíveis. E-mail, telefones, contato do whatsapp, links de outras redes sociais e loja online se tiver. Atenção especial ao horário de atendimento, onde é possível definir o horário exato de cada dia, assim o cliente conseguirá visualizar automaticamente se sua empresa está aberta ou fechada ao acessar a página. Também crie um breve texto contando um pouco sobre a empresa e o que ela oferece no “sobre”.

Já no instagram é possível colocar menos dados na sua página, apenas telefones, endereço e um link. Para conseguir disponibilizar mais links para o Whatsapp, Facebook, site e outros, recomendamos a ferramenta Linktree. Através dela, clicando em um link único na bio (local onde estão seus dados no Instagram) seu seguidor terá acesso aos demais links que você queira disponibilizar.


Tenha uma linguagem visual padronizada

Uma das partes mais importantes da sua comunicação nas redes sociais está na padronização da linguagem visual da sua marca, o que envolve logomarca, cores, qualidade e até a fonte utilizada nos textos dentro das imagens. Estes são princípios básicos para criar uma boa comunicação e sua empresa ser facilmente reconhecida.

Primeiramente, se ainda não tem uma logomarca legal e material de boa qualidade, providencie. Se você não tem um grande orçamento para isso e quer se arriscar a tentar produzir você mesmo o seu material, pode tentar utilizar o Canva, uma ferramenta dedicada a criação de imagens, que serve não somente para produzir uma logomarca, mas também praticamente qualquer foto ou vídeo que irá publicar. Se não, existem inúmeros profissionais capazes de desenvolver este trabalho para você, hoje está muito mais fácil desenvolver este tipo de material e não é necessário uma agência para isso, existem diversos profissionais liberais neste setor.

Cada imagem nas suas páginas deverá ter uma tamanho específico para o que será usada:

  • Imagem de perfil da página

A imagem de perfil de páginas para Facebook e Instagram devem ser quadradas, tendo pelo menos 170x170 pixels. Lembre-se que a imagem aparece menor e sua logo deve estar totalmente visível e nítida. Se as letras ficarem muito pequenas por exemplo, adapte a imagem de maneira diferente, ou tente deixar apenas a logomarca, sem o nome da empresa, já que ela estará ao lado da foto. Normalmente com arquivos ".PNG" você obterá melhores resultados.

  • Imagem de capa

Somente o Facebook conta com imagem de capa, seu tamanho é 820x321 pixels no computador e 640x360 pixels para smartphones. É muito importante estar nas dimensões certa para não ficar cortada ou distorcida, também não é necessário que ela apresente novamente sua logo, já que na sua página ela estará exposta logo ao lado. Lembre de usar uma imagem de capa com as cores da sua empresa, ela pode vir com informações escritas, ser uma foto bem legal dos seus produtos ou do ambiente físico da sua empresa. Inclusive é legal usar a imagem de capa para divulgar eventos ou promoções temporárias, mudando-a de acordo com a estratégia de marketing.

Exemplo de capa do Facebook da Alloy


Cuidados com fotos e vídeos

No caso de imagens elas podem ter vários formatos, mas os mais indicados são 2:3 (retangular) para Facebook e 1:1 (quadrados) para o Instagram. Para a postagem de fotos e vídeos, tenha extremo cuidado, tanto em relação a qualidade e resolução, quanto à exposição dos seus produtos, iluminação e o fundo da imagem. Dependendo do que precisa, busque fotos e vídeos em bancos de imagem, ou em material desenvolvido pelos seus fornecedores. Outra dica interessante é colocar sua logo no canto inferior, normalmente usando uma cor neutra. Lembre-se que no Facebook é importante evitar ao máximo colocar muito texto nas imagens, importante manter uma proporção de no máximo 20% do tamanho total, mais do que isso deixa a publicação poluída e não permite o impulsionamento da campanha.

Stories

Antes uma ferramenta exclusiva do Instagram, ela foi incorporada pelo Facebook e até pelo Whatsapp. Ela serve para criar e postar imagens e vídeos em formato vertical igual a tela do smartphone, que podem ser acessadas por uma sessão exclusiva em ordem de postagem, que irão ficar lá por apenas 24 horas. Aqui você tem mais liberdade na criação e pode expor mais o dia a dia da empresa e da sua operação. Abuse de ferramentas como Boomerang e Superzoom para criar conteúdos divertidos.


Cuidados com os textos

Primeiramente, cuidado com o Português! Ninguém merece posts em redes sociais com erros de grafia! Também não use abreviações utilizadas online, nem escrita em CAIXA ALTA ou repetição de pontos de exclamação ou interrogação.

Isso não impede você desenvolver uma maneira de escrever única para sua empresa, pode ser de forma leve e solta, com gírias, enfim, tudo para tentar se comunicar melhor com seu cliente. Mas lembre-se de entender antes o correto perfil do seu público.

Faça textos no tamanho ideal para cada rede social, dependendo do que ela se propõe e do layout que ela utiliza, cada uma irá funcionar de maneira diferente.

Utilize em seus textos as seguintes diretrizes:

  • Instagram: entre 140 e 150 caracteres;
  • Facebook: entre 40 e 80 caracteres;

Você pode escrever textos maiores, mas tenha em mente que eles podem ficar cortados no meio, e o usuário terá que clicar em “ver mais” para continuar lendo. Você deve prender a atenção dele na parte inicial!

Quando anunciar, utilize gatilhos mentais para mostrar como seu produto ou serviço pode resolver algum problema do cliente. Conecte-se com o emocional dele, descrevendo como ele vai se sentir ao consumir de você. Ao mesmo tempo gere senso de urgência, dando a entender que ele não pode deixar passar esta oportunidade. Se você já tem loja online, é sempre importante colocar no final o link para que a pessoa acesse sem dificuldades a sua oferta ou produto.


Foque em conteúdo

Sim! Você deve expor seus produtos e promoções o máximo possível em suas redes. Só além disso você deve oferecer para o seu público algo a mais. Vários dos seus clientes vão te seguir para ficar por dentro das novidades do seu negócio, mas se você quer atingir um público maior e interagir com ele, deve oferecer um conteúdo legal.

Por exemplo, você pode produzir imagens, vídeos e textos dando dicas de como utilizar seu produto de uma maneira melhor ou mais legal. Faça piadas, promoções, sorteios,  listas interessantes, pode até criar seus próprios memes. O humor é um grande aliado para aumentar o alcance e divulgação da sua página! É claro, tente se manter dentro de assuntos que se relacionem direta ou indiretamente à sua empresa ou ramo.

O ideal é sempre postar um volume maior de conteúdo e menor de produtos e ofertas. Uma proporção de 60% conteúdo e 40% produto/promoção é considerada boa!


Estimule a interação e responda todos os comentários e mensagens

Faça perguntas em suas publicações, estimule a interação com respostas e comentários do seu público, como se fosse uma conversa com eles. Pergunte sobre os produtos que mais gostam, como consomem ou utilizam, peça para enviarem fotos ou vídeos na sua empresa ou consumindo o produto. Faça-os darem dicas uns para os outros também e forme uma comunidade!

Não esqueça de além de instigar comunicação, interagir junto sempre. Jamais deixe um cliente sem resposta, principalmente em um comentário público, ou avaliação, principalmente se for negativa. Se o cliente relatou um problema, mostre à ele e ao restante do seu público que você se esforçou para resolver.

Se liga nessa pergunta que a Coca-cola fez para seus seguidores! Fazendo com que respondessem e interagissem na página.

Como patrocinar suas publicações

O famoso botão “Impulsionar” ao lado de suas publicações serve para que você invista algum valor para que suas publicações sejam vistas por mais pessoas. Infelizmente, não basta uma pessoa seguir a sua página para ver todos os seus conteúdos, lembre que essa pessoa também segue diversas outras páginas e tem vários amigos, e com certeza o número de postagens diários desses é muito maior do que humanamente ele consegue ver.

Por isso o Facebook vai priorizar o que vai mostrar para essa pessoa, baseado em algoritmos e com quem ela mais interage. 

Para furar esse bloqueio e aparecer mais é necessário investir um valor de patrocínio. Se você reparar verá a palavra “patrocinado” de forma discreta em vários conteúdos que visualiza nessas redes.

É possível investir praticamente qualquer valor, determinar por quanto tempo o anúncio permanecerá ativo, e inclusive determinar vários parâmetros de público para quem esse anúncio aparecerá: Se é somente para quem curtiu sua página ou não, sexo, faixa etária, somente em uma cidade, estado ou localização específica por raio em quilômetros, enfim, as opções são muitas.

Mas uma das principais dicas aqui é NÃO usar o botão “Impulsionar” ele vai te ajudar a aparecer mais na rede sim, mas não de forma tão otimizada quanto pode ser. 

Para isso acesse o site: https://business.facebook.com/ 

É uma ferramenta do próprio Facebook em que você terá maior acesso a informações sobre suas páginas e postagens, além de possibilitar fazer testes AB, ou seja testar mais de uma campanha, comparando os dados para ver qual traz os melhores resultados.

Lembrando que esta ferramenta também serve para impulsionar publicações no Instagram, pois elas são integradas e fazem parte do mesmo grupo. 


Catálogo de produtos e Integração com loja online

Outra ferramenta muito importante é a criação da sua própria loja online tanto no Facebook, quanto no Instagram, basta habilitar a opção loja, e ir criando seus produtos, você poderá fazer tudo de dentro do mesmo painel.

No Instagram, quando postar fotos em que apareçam seus produtos, é possível marcá-los para as pessoas acessarem eles de maneira rápida, direto na sua loja.

Lembre-se de cuidar com a qualidade das imagens e adicionar uma descrição bem legal e completa do seu produto.

Se você ainda não tem loja online, é possível fazer com que a pessoa que quiser comprar algum produto, ao clicar sobre ele, envie diretamente uma mensagem para a empresa.

Apesar disso, sugerimos que se você ainda não vende diretamente online, comece logo. O custo para ter sua própria loja online caiu muito, e hoje já possível ter sua própria loja virtual, com um custo mensal muito baixo e sem investimento inicial para desenvolvimento.

Conheça a loja online com a sua marca que o Podemos desenvolver para você

Além disso, através da loja online é possível fazer a integração com as suas redes sociais, desde o catálogo, para automatizar a venda, quanto para utilizar dados dos visitantes da sua loja e direcionar campanhas das suas páginas para quem já comprou de você, aumentando ainda mais a conversão delas!


Conclusão

Expor sua marca nas redes sociais não é tão difícil, seguindo estas dicas básicas e se baseando em empresas que obtiveram sucesso nestas plataformas é possível desenvolver um bom trabalho.

Apesar disso ainda há muito amadorismo e empresas que não levam a internet a sério no mercado. A evolução neste meio é muito rápida e as ferramentas estão sempre se aprimorando, por isso manter-se atualizado é imprescindível! O público se torna cada vez mais digital, e o quadro de isolamento social devido a pandemia só fez acelerar esse processo. 

Empresas que não estão presentes na vida de seus clientes de modo online tenderão a desaparecer e quem aproveitar as ferramentas disponíveis da melhor forma possível permanecerá no mercado.

Por isso, se sua empresa ainda não tem faz isso, não exite em começar a tomar as providências para mudar isso HOJE!


Continue aprendendo

Nossas novidades

Ótimos conteúdos para você toda semana.

Conteúdos especialmente criados para facilitar seu dia a dia como empreendedor, que irá fazer sua empresa crescer.
Sem spam!
Conheça a Alloy